Lenha

A decisão de aquecer a sua casa com lenha é a combinação perfeita de conforto, aconchego e estética. Além de ser um combustível natural, ajuda a manter o equilíbrio ecológico.

Qualquer madeira não tratada pode ser utilizada como lenha, embora existam diferenças de rendimento no aquecimento para os diversos tipos de madeira quando estão sendo queimadas. A lenha macia ou de baixa densidade pesa em média cerca de 300-350 kg/m³ pinheiro, choupo, abeto, eucalipto, castanheiro entre outros. A queima é mais rápida, produzindo um calor forte, o que a torna excelente para iniciar o fogo, mas como queima rápido requer recarregar mais com frequência a lareira ou o recuperador de calor.

A lenha dura ou de alta densidade pesa cerca de 350- 400 kg/m³. Esta lenha é mais densa e muito menos resinosa, por isso irá queimar mais lentamente, produzindo um calor mais duradouro e evitando os abastecimentos mais frequentes.

Escolher e Armazenar lenha corretamente

A umidade da madeira tem influência significativa sobre o seu poder calorífico. A lenha deve estar seca o bastante para ser eficiente. Deve ser cortada e armazenada por pelo menos dois anos em uma área coberta e ventilada para que a umidade fique abaixo de 20% . Madeira recém-cortada é geralmente mais barata, contudo possui 70% de umidade, sua queima é ineficiente e produz uma grande quantidade de fumaça. Ela também pode provocar a formação de fuligem e de alcatrão na chaminé e deixando a potência com de cerca de 5 kW/Kg.